A Anvisa suspendeu a importação dos medicamentos fabricados pela empresa Sun Pharmaceutical Limited (antiga Ranbaxy Laboratories Limited), localizada em Ponda, na Índia, a partir de 06/06/2016. A determinação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), desta quarta-feira (26/10), na RE n° 2.873, de 25 de outubro de 2016, estende-se a todo território nacional.

Foram detectadas irregularidades na inspeção para verificação de Boas Práticas de Fabricação nas linhas de produção de comprimidos, comprimidos revestidos e de semissólidos: cremes e géis. A inspeção foi realizada por técnicos da Anvisa no período de 14 a 18/03/2016 e a empresa foi considerada insatisfatória.

Seus produtos são de diversas áreas terapêuticas, incluindo cardiologia, neurologia, sistema respiratório, cardiologia etc.

No DOU foram publicadas, ainda, as suspenções, no País, do

Origina Nim,
Desinfetante Klim e
produtos Nuteral,
Também consta a suspenção temporária do Suco Maratá, sabor Cajá.

Origina Nim

A RE n° 2.872/2016 suspende a fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e uso do produto Origina Nim Citromax, fabricado pela empresa Citromax Indústria e Comércio Ltda. A fabricante não regularizou o rótulo do produto junto à Anvisa, como ocorreu com o rótulo do produto Gramizap Imazapir, que foi devidamente regularizado junto à Agência em 19 de setembro de 2016.

A empresa atua no ramo de pesticidas e produtos químicos agrícolas em geral.

Desinfetante Klim

A Agência determinou que a empresa Klin Comércio e Indústria Ltda., localizada em Olinda-PE, promova o recolhimento do estoque existente no mercado do Desinfetante Klim. O produto vem sendo comercializado sem registro, notificação ou cadastro na Anvisa. A RE n° 2.875/2016 proíbe a fabricação, a distribuição, a divulgação, a comercialização e o uso do produto saneante.

Nuteral

A empresa NUTERAL Indústria de Formulações Nutricionais Ltda., de Fortaleza/CE, deve recolher todos os lotes dos seus produtos. A fabricação, a comercialização e a distribuição dos seus produtos estão proibidos (RE n° 2.876/ 2016) em todo o território nacional.

O Relatório de Inspeção da Vigilância Sanitária do estado do Ceará relatou que a empresa não preenche os requisitos determinados pela legislação sanitária vigente quanto a qualidade e segurança dos alimentos.

A Nuteral é uma indústria de alimentos para nutrição enteral ou oral, dietas para situações metabólicas especiais e suplementos nutricional.

Suco Maratá (Cajá)

Acatando à decisão da Agência Estadual de Vigilância Sanitária de Sergipe, a Anvisa interditou cautelarmente o lote B 1405 07:00, data de validade 30/03/2017, do produto Suco sabor Cajá, da marca Maratá, produzido por indústrias Alimentícias Maratá Ltda., localizada em Itaporanga d’Ajuda – SE. A RE n° 2.877/ 2016 entra em vigor na data de sua publicação e vigorará pelo prazo de 90 (noventa) dias.

Fonte – Anvisa

Compartilhe esta matéria