A falta de segurança que tem vitimado o comércio e a população de Curitiba, região metropolitana e demais cidades paranaenses voltou a ser abordada pelo presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado, o farmacêutico Edenir Zandoná Júnior, em reunião do Conselho Temático de Desenvolvimento das Cidades, realizada nesta quinta-feira (8), no Campus da Indústria,  da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep).

Ele salientou a necessidade de uma ação mais efetiva de combate à criminalidade e alertou sobre o risco constante aos proprietários, funcionários e clientes dos estabelecimentos comerciais do segmento. “É necessária a criação de mecanismos mais eficazes, pois o delinqüente muitas vezes é preso e poucos dias depois está de volta às ruas”, disse. Zandoná defende a proposta de novas formas punitivas que coíbam a violência e também promovam a reinclusão destes indivíduos na sociedade.

Além do tema segurança urbana, foram abordados na reunião o Programa IBPQ de Cidades Inteligentes e Programa Praticidades e apresentado o status dos grupos de trabalho do Programa Pró Metrópole.

O Conselho Temático de Desenvolvimento das Cidades foi criado em 2010 pela Fiep para elaborar propostas voltadas ao desenvolvimentos das cidades, incluindo-as em seus Planos Diretores, com foco no setor empresarial. Integram o grupo industriais, representantes de sindicatos empresariais de diversos setores, como o Sindifarma-PR, de universidades e faculdades, do governo, além de membros dos demais conselhos temáticos e setoriais da entidade.

Fotos – Fiep

Compartilhe esta matéria