O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Paraná (Sindifarma-PR), farmacêutico Edenir Zandoná Júnior,  participou, nesta quarta-feira (6), de reunião no Centro Estadual de Vigilância Sanitária, sobre a adequação da logística reversa de medicamentos no estado.

A destinação adequada destes produtos, que vem sendo debatida pelo Grupo de Trabalho sobre Medicamentos no Paraná, foi estabelecida pela Lei nº 17.211, de julho de 2012, e regulamentada pelo Decreto nº 9213, de outubro de 2013, que dispõe sobre a responsabilidade da destinação dos remédios em desuso.

De acordo com Zandoná, será feito um termo de conscientização e definidos pontos de coleta. O transporte e destinação devem ocorrer através do gerador, que é a indústria. A fiscalização e o cumprimento competirá à Vigilância Sanitária.

 

Compartilhe esta matéria