Após resultado de Laudo de Análise Fiscal, a Anvisa suspendeu o loteC115/2015 do Shampoo Argan Frizon, 1L, valido até março de 2018.

O cosmético da empresa Aimer Cosméticos Ltda apresentou resultados insatisfatórios nos ensaios de contagem total de mesófilos e na fórmula exibida em sua rotulagem.

Além de suspender a venda e o uso do produto, Agência determinou ainda, que a empresa deve promover o recolhimento do estoque no mercado.
Confira a Resolução 1.384 publicada nesta sexta-feira (27/5) no Diário Oficial da União (DOU).

Outra irregularidade com rotulagem também gerou a suspensão de produtos

Dessa vez, são saneantes fabricados pela empresa Citromax Indústria e Comércio Ltda.

A suspensão determinada pela Anvisa é para os saneantes Gramizap Imazapir e Origina Nim Citromax, ambos são da empresa citada acima, e foram fabricados em desacordo com o registro na Agência, porque apresentaram informações alteradas ou não autorizadas nos rótulos.

Confira a Resolução 1.385 publicada nesta sexta-feira (27/5) no Diário Oficial da União (DOU).

Fonte – Anvisa

Compartilhe esta matéria