A Anvisa suspendeu todas as publicidades que atribuam propriedades de saúde não autorizadas aos alimentos fabricados pelas empresas Ultrafarma Saúde Ltda e Maxinutri Laboratório Nutracêutico EPP. As medidas de suspensão foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira (03/04).

As alegações de propriedades terapêuticas ou funcionais somente podem ser feitas em alimentos registrados, quando estes cumprem com as diretrizes sanitárias.

A Anvisa, após receber os pedidos de registro sanitários, realiza testes de comprovação de propriedades funcionais ou de saúde estabelecidas pela atual legislação afim de assegurar a veracidade das alegações terapêuticas dos produtos.

Confira as resoluções que suspenderam as propagandas irregulares das duas empresas em questão.

Fonte – Anvisa

Compartilhe esta matéria