A Anvisa interditou dois lotes do medicamento Clorexidina Gliconato 100mL nesta quinta-feira (30/3). Os lotes M23134 e M23708, fabricados pela empresa Vic Pharma Indústria e Comércio Ltda, apresentaram resultados insatisfatórios quanto à contagem de bactérias.

Os laudos de análise fiscal, emitidos pelo Instituto Adolfo Lutz, apresentaram resultados insatisfatórios para os ensaios de Contagem Total de Bactérias Mesófilas e Pesquisa de Patógenos.

Os lotes, portanto, foram interditados pela Agência e a interdição vigorará pelo prazo de 90 dias.

Cânulas suspensas

O produto médico-hospitalar Cânulas Miracu Real.Up foi suspenso pela Agência. O produto não regularizado pela empresa Rejuvene Produtos Médicos e Hospitalares Eireli era fabricado pela empresa Feel Tech Co. Ltd, da Coréia do Sul, e teve cadastro indeferido por estar em desacordo com a legislação sanitária.

A Anvisa, assim, determina a suspensão da importação, distribuição, comercialização e implante do produto sem registro Cânulas Miracu Real.Up. Além desta medida, determinou-se, ainda, que a empresa Rejuvene Produtos Médicos e Hospitalares Eireli realize o recolhimento do produto em questão.

Confira as resoluções publicadas no Diário Oficial da União (DOU).

Fonte – Anvisa

Compartilhe esta matéria