Os farmacêuticos que atuam em farmácias e drogarias de Curitiba e das demais cidades que integram a base territorial do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Paraná (Sindifarma-PR) terão reajuste de 11,07%. O índice, definido após várias rodadas de negociação com o Sindicato dos Farmacêuticos no Estado do Paraná e aprovado em assembleias gerais da categoria e das empresas, corresponde ao INPC acumulado no período de 1º de março de 2015 a 29 de fevereiro de 2016.

O novo piso salarial, a partir de março deste ano, será de R$ 2.928,00.

As demais cláusulas da Convenção Coletiva anterior permanecem inalteradas.

Retroativo

O reajuste deverá ser pago de forma retroativa ao mês de março, sendo a diferença em uma única parcela, até o pagamento do mês de maio. As empresas que concederam a antecipação devem fazer a devida compensação.

Aos farmacêuticos admitidos entre 1º março de 2015 a 29 de fevereiro de 2016 com salário superior a R$ 2.636,00, a correção será aplicada proporcionalmente em função da alternativa do reajuste ocorrido, conforme os seguintes índices:

Março/2015 – 11,07%
Abril/2015 – 10,15%
Maio/2015 – 9,23%
Junho/2015 – 8,31%
Julho/2015 – 7,39%
Agosto/2015 – 6,47%
Setembro/2015 – 5,55%
Outubro/2015 – 4,63%
Novembro/2015 – 3,71%
Dezembro/2015 – 2,79%
Janeiro/2016 – 1,87%
Fevereiro/2016 – 0,95%

O Sindifarma-PR destaca a valorização do profissional farmacêutico com o reajuste acordado, considerando o desfavorável cenário econômico atual, e o esforço do setor em garantir a reposição da inflação aos salários, mesmo diante da crise.

O acordo segue, agora, para registro no Ministério do Trabalho e Emprego.

Veja aqui a nova CCT.

Compartilhe esta matéria