Seguindo a diretriz de valorização dos profissionais farmacêuticos, a diretoria do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado do Paraná (Sindifarma-PR) informa que chegou ao fim a negociação coletiva de trabalho com o Sindicato dos Farmacêuticos no Estado do Paraná (Sindifar-PR). Na última rodada, com a presença de dirigentes das duas entidades, ficou estabelecido o índice de 8,75% de reajuste sobre o piso da categoria, a partir de 1º de março. Os valores retroativos podem ser parcelados em três vezes, em agosto, setembro e outubro.

As empresas que concederam a antecipação do reajuste devem fazer a devida compensação.

De acordo com o presidente do Sindifarma-PR, Edenir Zandoná Júnior, com exceção do piso normativo, a nova Convenção Coletiva de Trabalho 2014/2015 não sofreu nenhuma outra alteração.

O reajuste de 8,75%, bem acima do INPC/IBGE, de 5,62%, representa, de acordo com a diretoria do Sindifarma-PR, a valorização pelas empresas do profissional farmacêutico no Estado.

O piso, atualmente de R$ 2.223,60, passará a R$ 2.418,16.
Mais informações podem ser obtidas com o Sindifarma-PR.

Compartilhe esta matéria