Os empresários Elias Bérgamo e Elmo dos Reis, proprietários de lojas da Rede Maxifarma, estão entre os homenageados  da 12ª edição do prêmio Guerreiro do Comércio, que, neste ano, teve 49 agraciados de 47 sindicatos ligados à Fecomércio-PR.

A cerimônia, na última sexta-feira (14), reuniu mais de 1.200 pessoas de todo o estado na Expo Unimed, em Curitiba, com a presença de autoridades políticas de todas as esferas, dirigentes dos sindicatos filiados à Fecomércio PR, dirigentes de entidades do setor produtivo, empresários, familiares e amigos dos homenageados.
Além de destacar empresários de diferentes ramos do comércio, foram concedidas, durante a cerimônia, quatro comendas da Ordem do Mérito do Comércio do Paraná – somando-se às outras 19 distribuídas durante os quase 70 anos de existência da Fecomércio PR. O presidente do Grupo Toninho Espolador, Antonio Miguel Espolador Neto, foi a 20ª personalidade condecorada, um reconhecimento pelo seu trabalho de comerciante, empreendedor e incentivador do associativismo. A 21ª
comenda foi entregue ao desembargador Federal do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, João Pedro Gebran Neto, em reconhecimento à atuação do poder judiciário em defesa da lei, da ordem e da justiça social e, com destaque à Operação
Lava Jato. A sócia-diretora da Tavarnaro Incorporações LTDA., Liliana Ribas Tavarnaro, recebeu a 22ª honraria, pelo seu exemplo como liderança feminina. Já a 23ª comenda foi entregue ao presidente do Conselho de Administração da Gazin Holding, Mário Valério Gazin, por seu exemplo como comerciante que trabalha para o desenvolvimento do Paraná.

O presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, Darci Piana, reforçou em sua fala a importância da homenagem concedida a empresários do comércio de bens, serviços e turismo que se destacaram nos últimos 12 meses  na inovação e no desenvolvimento do seu negócio, assim como personalidades significativas e de destaque no estado e no país. “Todos eles são
símbolos de dedicação, de ética e de sucesso profissional”, comentou.

Piana citou a 32ª Pesquisa de Opinião do Empresário do Comércio, Serviços e Turismo para o segundo semestre de 2017, a qual 58% dos empresários declararam ter boas expectativas para o período. “Desde a edição 2014 não se visualizava percentuais acima de 50% de otimismo. Todos os setores apresentaram melhora no indicador que demonstra o otimismo do empresário paranaense comparados ao semestre anterior. É importante destacar que a pesquisa foi realizada antes da aprovação da Reforma Trabalhista, a qual conforme avaliação unânime do setor empresarial de trata de um grande avanço
para a sociedade brasileira”, apontou na ocasião.

Além de Piana, compuseram a mesa de honra do evento o deputado estadual, Guto Silva, presidente da Frente Parlamentar do Comércio que representou o governador do Paraná, Beto Richa; o desembargador federal do Tribunal Regional Federal da 4ª
Região, João Pedro Gebran Neto; o deputado estadual Marcio Nunes, representando a Assembleia Legislativa; o representante da Caixa Econômica Federal, patrocinadora do evento, Gilson Pedro Ramos; o vice-presidente da Fecomércio PR e presidente do Sindilojas de Curitiba e Região, Ari Faria Bittencourt; o prefeito de Campo Mourão, Tauillo Tezelli, representando os demais prefeitos presentes; o presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), Gláucio José Geara; o presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo; o presidente da Fetranspar, Sério Luiz Malucelli; o presidente da Jucepar, Ardisson Naim Akel;
o vice-presidente da Fenacon e vice-presidente da Jucepar, Waldir Pietrobom; o superintendente do Sistema Ocepar, Nelson Costa, e o chefe da Assessoria Legislativa da CNC, Roberto Veloso.

Presidentes de sindicatos filiados à Fecomércio PR entre outras autoridades também prestigiaram a noite de homenagens, entre eles o presidente do Sindifarma-PR, farmacêutico Edenir Zandoná Júnior.

 

Comenda

 

O desembargador Federal do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, João Pedro Gebran Neto, responsável por analisar e julgar recursos dos réus condenados na Operação Lava Jato, representou os novos comendadores da Ordem ao Mérito do Comércio do Paraná. Em seu discurso, encarou a honraria como uma oportunidade de reflexão. “Nas minhas reminiscências,conclui que essa homenagem é prestada apenas porque busco fazer exatamente aquilo que aprendi em casa. Atuar como diversos outros brasileiros com elevado ideal e espírito republicano fariam se estivessem no meu lugar”, pontuou.

Ele enfatizou o papel das diversas instituições que atuam na Operação Lava Jato e que, segundo ele, atuam com qualidade, entre elas a Polícia Federal, o Ministério Público e o Poder Judiciário. “A Operação Lava Jato tem o mérito de promover a viragem paradigmática sobre alguns estigmas nacionais como impunidade, ineficiência do processo criminal, desigualdade,
entre outros vícios de nosso país”, disse.

Ele conclui a fala ressaltando que a sociedade brasileira precisa se manter vigilante. “Ser vigilante significa não apenas seguir os princípios que foram ensinados por nossos pais, mas também passar para as futuras gerações esses valores. Passar-lhes a certeza que, em sua maior parte, este país é formado por pessoas sérias, que acreditam ser possível semear um futuro melhor”, comentou.

Compartilhe esta matéria