O auditório da Anvisa, em Brasília, sedia o IV Simpósio Novas Fronteiras Farmacêuticas nas Ciências, Tecnologia, Regulamentação e Sistema de Qualidade. O evento, que ocorre nestas segunda (22/6) e terça-feira (23/6), reúne palestrantes internacionais para discutir temas de interesse da indústria farmacêutica e dos técnicos da Agência, como classificação biofarmacêutica e regulamentação farmacêutica, entre outros.

O Simpósio, que conta com o apoio da Anvisa, é uma iniciativa do Sindusfarma em parceria com International Pharmaceutical Federation (FIP).

Na abertura do evento, o Diretor da Anvisa Renato Porto ressaltou a importância da troca de experiências, bem como a necessidade de constante atualização dos profissionais que trabalham nas áreas da saúde.

“Temos a responsabilidade de dar qualidade para a vida do cidadão. E esta parceria entre a Anvisa e o Sindusfarma é absolutamente importante para o desenvolvimento científico do país”, assegurou.

O intercâmbio de experiências também foi um dos pontos ressaltados pelo representante da FIP, Igor Linhares. “As trocas que ocorrem em encontros como este são importantes para que o Brasil possa se tornar um playerrealmente importante no mercado”, destacou.

Confira a programação:

Segunda-feira (22/6)

– Abertura: Nelson dos Santos Jr., vice-presidente executivo do Sindusfarma; Igor Linhares, representante da IPS/FIP; Renato Porto, diretor da Anvisa.

– O papel da Anvisa na regulamentação da inovação farmacêutica – Ministrante: Renato Porto

Novas Fronteiras nas Ciências Farmacêuticas

– Moderador: Nelson dos Santos Jr., vice-presidente executivo do Sindusfarma

– Bioequivalência no século 21: avanços e melhores práticas – Ministrante: David Holt

– Classificação biofarmacêutica: métodos para determinação de permeabilidade – Ministrante: Sílvia Storpirtis

– As bases científicas e fatores que caracterizam a absorção de fármacos no trato respiratório (Bioequivalência de Medicamentos Inalatórios) – Ministrante: Gustavo Mendes Lima Santos

Novas Fronteiras na Tecnologia de Fabricação

– Moderador: Igor Linhares, representante da FIP

– Sistema de classificação de fabricação e seus impactos nas alterações pós-registro – Moderador: Kendal Pitt

– Tecnologia da insulina e os benefícios na modificação das moléculas – Ministrante: Lars Fogh Iverson

– Desenvolvimento e produção de anticorpos monoclonais: princípios tecnológicos do processo produtivo – Ministrante: Antonio Moreira

– As mudanças mundiais no processo de validação – Ministrante: Darrin Crowley

Terça-feira (23/6)

Novas Fronteiras da Regulamentação Farmacêutica

– Moderador: Rosana Mastelaro, Gerente de Assuntos Regulatórios do Sindusfarma

– Desenvolvimento acelerado de terapias inovadoras: as oportunidades para os pacientes e seus desafios técnicos – Ministrante: Earl S. Dye

– A racionalização de submissões de registro pelo uso do modelo de Dossiê Eletrônico (eCTD): módulos IV e V – Segurança e Eficácia – Ministrante: Joel Alvarez

– O papel da regulação de medicamentos no avanço da inovação – Ministrante: Peter J. Pitts

– Ensaios clínicos: assimetrias e convergências regulatórias (monitoramento, inspeção e auditoria) – Ministrante: Dagoberto de Castro Brandão

– As melhores práticas de Farmacovigilância da EMA – Ministrante: Herve Le Louet

– Submissão eletrônica de registro (formato eCTD) – Módulo III – Qualidade – Ministrante: Larissa B. Engel Vieira

Novas Fronteiras nos Sistemas Farmacêuticos da Qualidade

– Moderador: Jair Calixto, Gerente de Boas Práticas e Auditorias Farmacêuticas do Sindusfarma

– As aplicações da espectrometria de massa no desenvolvimento de fármacos e medicamentos – Ministrante: Mike Lee

– A gestão do conhecimento como ferramenta no desenvolvimento tecnológico farmacêutico – Ministrante: Jordi Botet

– Procedimentos simplificados para registro de medicamentos por meio de “clone petitions” – Ministrantes: Ricardo Borges, Fernanda Horne

Fonte – Anvisa

Compartilhe esta matéria