A Anvisa determinou a suspensão, comercialização e uso do lote 698685 do medicamento Hidroclorotiazida, 25 mg, fabricado pela empresa EMS S/A.

O Laudo de Análise Fiscal emitido pela Diretoria do Laboratório Central de Saúde Pública do Distrito Federal revelou resultado insatisfatório no ensaio de doseamento.

A empresa já iniciou o recolhimento voluntário do estoque do produto existente no mercado.

A determinação está na Resolução nº 1706/2015, publicada nesta segunda-feira (15/6) no Diário Oficial da União (DOU).

Fonte – Anvisa

Compartilhe esta matéria